Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

No 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, instituído pela Lei Federal 9.970/00.



A escolha dessa data se deve ao assassinato de Araceli, uma menina de oito anos que foi drogada, estuprada e morta por jovens de classe média alta, no dia 18 de maio de 1973, em Vitória (ES). Esse crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje permanece impune.


Uma data de luta, educação e esclarecimento da população. Os dados brasileiros indicam que ainda precisamos avançar no combate: de 2017 a 2020, 180 mil sofreram violência sexual – uma média de 45 mil por ano, de acordo com o Panorama da Violência Letal e Sexual contra Crianças e Adolescentes no Brasil, da UNICEF e Fórum Brasileiro de Segurança Pública.


Psicólogas/os são profissionais fundamentais para a prevenção, combate, desenho de políticas públicas, processos psicoterapêuticos e proteção das vítimas de abuso sexual;


Esses diferentes espaços de trabalho demandam responsabilidade, formação continuada e preparo contínuo desde aspectos técnicos até emocionais.


O SinPsi-SC constata, através das representação nos espaços de Controle Social do SUAS, as dificuldades em relação ao exercício profissional da/o Psicóloga/o nessa problemática, e tem compromisso junto aos trabalhadores do SUAS em relação as condições de trabalho e qualidade para atendimento das crianças e adolescentes.


Lembre-se sempre: caso de suspeita de abuso ou exploração sexual infantil, denuncie pelo Disque 100 ou no Conselho Tutelar de sua cidade.