top of page

Reinauguração CAPS II Ponta do Coral: Uma Conquista pela Saúde Mental e Inclusão Social




O Sindicato dos Psicólogos de Santa Catarina esteve presente na Reinauguração do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) II Ponta do Coral, após 4 anos de luta por esse espaço. Neste evento marcante, a presidente do sindicato, Vania Machado, e a estagiária Caroline Vignardi estiveram presentes, testemunhando uma vitória da comunidade sobre as adversidades.


A reinauguração do CAPS II Ponta do Coral não é apenas a restauração de um espaço físico, mas sim o ressurgimento de uma esperança para aqueles que precisam dos serviços de saúde mental. Esta conquista foi protagonizada pela Associação AlegreMente, uma organização composta por usuários dos serviços de saúde mental do Sistema Único de Saúde (SUS), profissionais e simpatizantes da causa. A Associação AlegreMente tem como missão promover a inclusão social de pessoas em sofrimento mental e melhorar a assistência no SUS, combatendo preconceitos, discriminações e violências sociais e institucionais.


Essa conquista vem da resistência e luta pelos direitos humanos no campo da saúde mental, aliada ao fortalecimento de políticas públicas que defendem um modelo de cuidado de saúde mental, álcool e outras drogas baseado na liberdade, atrelado ao movimento antimanicomial, refletindo a busca pela emancipação com a reinserção, socialização e autonomia das pessoas com um olhar humanizado e enxergando o todo (saúde, educação, trabalho, segurança alimentar e moradia).


O espaço, que estava em reforma desde 2019, foi revitalizado e ampliado em cerca de 40%, totalizando aproximadamente 750 m², mantendo as características originais do edifício histórico, o novo CAPS II Ponta do Coral prioriza a acessibilidade estrutural, garantindo que todas as pessoas tenham acesso aos serviços oferecidos.


Entre os novos recursos, destacam-se sete consultórios, um posto de enfermagem, uma sala de aplicação de medicamentos, um espaço de convivência, um refeitório, um quarto coletivo e áreas administrativas. Essas melhorias refletem o compromisso com o cuidado em liberdade e a busca por um modelo de saúde mental baseado na humanização e na integralidade do cuidado.


A reinauguração do CAPS II Ponta do Coral também representa um avanço na implementação de serviços de cuidado em liberdade no território, alinhado aos princípios da reforma psiquiátrica e à legislação vigente, como a Lei 10.216/2021, que propõe ações que transcendem a lógica manicomial.


Em um momento em que a importância da saúde mental é mais evidente do que nunca, a reinauguração do CAPS II Ponta do Coral é uma inspiração para comunidades em todo o país, demonstrando que, com união e determinação, é possível superar os desafios e construir um futuro mais justo e inclusivo para todas e todos.







コメント


bottom of page