Faça parte de nossa lista de e-mails e não perca mais nenhuma informação !

Av. Mauro Ramos, 1624 - Florianópolis/SC-88.020-304

Tel: (48) 3365-7245  //  (48) 3365-7387

sinpsisc@sinpsisc.org.br

Entre em Contato

© Copyright - Todos os direitos reservados - CNPJ: 10.537.494/0001-00

Site administrado por:

QUALITY Soluções Web
Quality Soluções Web | Criação de sites | Aluguel de Loja Virtual | Marketing Digital | Automação Comercial | Whatsapp 48 98427-9431 | Atendemos todo Brasil

© 1996-2019 - "23 anos inspirando Tecnologia para Você!"

PL 4330 da Terceirização retira direitos do trabalhador/a!26/03/2015 - 12:00

A terceirização é um modelo de contratação de caráter temporário (tempo determinado) que serve apenas para suprir necessidades específicas e/ou complementares das empresas sem virar um negócio principal. 
As empresas estão buscando a terceirização para aumentar o lucro e diminuir e retirar direitos da classe trabalhadora.

Em 2004, sob a justificativa de regulamentar a contratação de terceirizados, o Deputado Federal Sandro Mabel (PMDB-GO) apresentou o Projeto de Lei número 4.330, que precariza ainda mais as relações trabalhistas.

Para que isso não aconteça, convocamos TODOS/AS OS PSICÓLOGOS/AS a enviarem e-mails pressionando os deputados a votarem contra o PL 4300. VOTAÇÃO NA CCJC SERÁ DIA 03/09/2013

No site da CUT-SC tem a lista com os NOMES E E-MAILS DE TODOS OS DEPUTADOS pelo link: http://cut.org.br/cut-em-acao/91/conheca-os-deputados-que-votarao-o-pl-4330-da-terceirizacao

O texto do PL já recebeu aval do relator e também deputado Arthur Maia (PMDB-BA), e está para ser votado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC) no próximo dia 03/09/2013.

O PL permite a contratação de terceirizados em todas as atividades, inclusive na  fim, a principal da empresa, que poderá funcionar sem nenhum contratado direto e fragilizará a organização e a representação sindical.
O projeto também permite a substituição de todos os trabalhadores por terceirizados como forma de diminuir custos das empresas.

O texto praticamente extingue a responsabilidade solidária, aquela em que a tomadora de serviços não precisará quitar obrigações trabalhistas caso não sejam cumpridas pela terceirizada.
Por isso, precisamos nos mobilizar e pressionar os Deputados Federais, pois sem pressão, o projeto pode ser aprovado e trazer graves prejuízos à classe trabalhadora.
Para que isso não aconteça, convocamos TODOS/AS OS PSICÓLOGOS/AS a enviarem e-mails pressionando os deputados a votarem contra o PL 4300.
Fonte: site da CUT-SC onde poderá acompanhar a luta da Central contra a terceirização e a lista como os NOMES E E-MAILS DE TODOS OS DEPUTADOS pelo link: http://cut.org.br/cut-em-acao/91/conheca-os-deputados-que-votarao-o-pl-4330-da-terceirizacao
A realidade dos terceirizados: piores condições de trabalho, jornada e salário
Números provam a precariedade:
27,1 % é quanto um terceirizado ganha  a menos que um contratado direto


8 em cada 10 acidentados no trabalho são terceirizados

4 em cada 5 trabalhadores que morrem vítimas de acidentes de trabalho são terceirizados
2,6% anos é o tempo médio que um terceirizado permanece na mesma empresa

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload