Faça parte de nossa lista de e-mails e não perca mais nenhuma informação !

Av. Mauro Ramos, 1624 - Florianópolis/SC-88.020-304

Tel: (48) 3365-7245  //  (48) 3365-7387

sinpsisc@sinpsisc.org.br

Entre em Contato

© Copyright - Todos os direitos reservados - CNPJ: 10.537.494/0001-00

Site administrado por:

QUALITY Soluções Web
Quality Soluções Web | Criação de sites | Aluguel de Loja Virtual | Marketing Digital | Automação Comercial | Whatsapp 48 98427-9431 | Atendemos todo Brasil

© 1996-2019 - "23 anos inspirando Tecnologia para Você!"

Audiência Publica - Contra a Terceirização no TJ/SC

AUDIÊNCIA PÚBLICA

30 DE AGOSTO ÀS 09H NO PLENARINHO DA ALESC

DEBATE CONTRA A TERCEIRIZAÇÃO DE PSICÓLOGOS E ASSISTENTES SOCIAIS NO TJ/SC

CONVITE

 

 

O SinPsi-SC tem participado com demais entidades representativas (CRP-12, CRESS/SC, SINJUSC, Associação de Psicólogos do TJ/SC e Assoc. de Assistentes Sociais do TJ/SC), na luta contra o PLC 14.2/2016 que propõe a Terceirizarão de Psicólogos e Assistentes Sociais. Lutamos muito em 2016 para evitar a aprovação desde a primeira Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Mas o PLC tramitou na Comissão de Finanças e Tributação e, neste momento, está na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público que atendeu o pedido das entidades para a realização de Diligência com diversas questões remetidas ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina e às entidades implicadas bem como acatou a realização da 

Audiência Pública.

Aceitar este PLC 14.2/2016 em sua forma original é abrir as portas para terceirização não somente de Psicólogos e Assistentes Sociais, mas de todas as carreiras técnicas e não técnicas do TJ/SC e as Diligências, bem como a Audiência Pública são ações importantes para garantir que a terceirização não se instale no nosso Tribunal de Justiça, o que representaria um movimento contrário ao que acontece em outros estados.

Enquanto outros estados possuem equipes multiprofissionais efetivas em suas Comarcas e até estão fazendo concursos para ampliar seu quadro de servidores, o Poder Executivo de Santa Catarina busca o caminho da desqualificação da prestação de serviços à população mais vulnerável que necessita da justiça que são as Crianças, Adolescentes e suas famílias (casos de adoção e disputa de guarda) pessoas com deficiência, idosos e mulheres crianças e adolescentes com violação de direitos.

Temos 111 Comarcas em Santa Catarina que possuem 180 Assistentes Sociais distribuídos em todas as Comarcas e apenas 24 Psicólogos distribuídos em 16 Comarcas.  Portanto, o trabalho em equipe multiprofissional ( Psicólogo, Assistente Social e Pedagogo) previsto em lei, não ocorre na maioria das Comarcas de nosso estado. Precisamos mudar isso!

PSICÓLOGAS(OS) precisamos nos unir e nos mobilizarmos  para comparecer em grande número na AUDIÊNCIA Pública no dia 30 de agosto no auditório do Plenarinho da ALESC

Participe, sua presença será primordial para mostrarmos nossa força e luta!!

 

VEJA AQUI O CONVITE FORMAL DA ALESC

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload