E o piso salarial?


Essa é uma pergunta bastante recorrente no SinPsi. Vamos a alguns pontos importantes para compreender como estamos e o que podemos fazer:

Há dois PLs sobre o piso, em tramitação:

1. PL 1015/2015 de autoria de Dr. Jorge Silva - PROS/ES e Sergio Vidigal - PDT/ES.

Foi apresentado em 31/03/2015 e está aguardando Parecer do Relator na Comissão de Finanças e Tributação (CFT). A última movimentação registrada é do dia 11/05/2022, onde foi designado Relator: Dep. Enio Verri (PT-PR)


2. PL 2079/2019 que está aguardando parecer do Relator na Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF), e é de autoria de Mauro Nazif - PSB/RO

Foi apresentado em 04/04/2019. Sua última ação registrada foi dia 17/05/2019, solicitando que "desapense-se o Projeto de Lei n. 2.079/2019 do Projeto de Lei n. 1.214/2019."


A luta voltada à jornada foi priorizada nesse momento pelo entendimento de que seria a mais fácil, entre piso e jornada, mas a luta pelo piso nunca foi abandonada. Desde 2008 nos movimentamos a favor de um PL baseado na categoria da Psicologia.


Estamos em várias frentes e estratégias para o piso. Além do acompanhamento da luta pelos PLS, há a luta por meio das convenções e Acordo Coletivo de Trabalho: buscamos a negociação de salários com sindicatos patronais. Há o indicativo de piso com base na média salarial proveniente de estudo do DIEESE, que contribui no comparativo e acentua a discrepância com a realidade dos profissionais.

Por fim, lembramos que a filiação é um instrumento indireto, mas essencial para dar força ao Sindicato para efetivar o piso salarial!

Posts recentes

REF. SOBRE REAJUSTE PLANO SAÚDE UNIMED (SET/2022) Pedimos a compreensão das(os) colegas para aguardar mais um pouco ( 1 a 2 semanas) pois estamos buscando as melhor solução para esta questão do reajus